Você está visualizando atualmente O que é a Psoríase e como ela pode ser tratada? 

O que é a Psoríase e como ela pode ser tratada? 

  • Categoria do post:pele

A psoríase é uma doença de pele crônica, bastante comum, que se caracteriza pelas lesões avermelhadas e descamativas na pele, causadas por uma resposta autoinflamatória do organismo. 

Dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) apontam que cerca de 3% da população mundial e 1,3% da população brasileira sofrem com esta doença. 

O que é a psoríase? 

A psoríase é uma doença cíclica, ou seja, os sintomas aparecem e desaparecem periodicamente.  

A resposta autoinflamatória do organismo que gera a psoríase pode ser desencadeada por predisposição genética, fatores ambientais ou comportamentais.  

Acredita-se que os linfócitos T, responsáveis pela defesa do organismo, liberam substâncias inflamatórias que promovem a dilatação dos vasos sanguíneos e a migração de outras células de defesa para a pele, desencadeando o processo inflamatório. 

Em cerca de 30% dos casos, esta inflamação também pode afetar as articulações, levando à artrite psoriásica.  

Além disso, ela está associada a doenças cardiovasculares, gastrointestinais, cânceres e distúrbios do humor, o que impacta negativamente na qualidade de vida e, em casos mais graves, pode reduzir a expectativa de vida se não tratada adequadamente.  

Ainda que boa parte da população acredite que a psoríase seja contagiosa, é importante lembrar que ela não é transmitida através do contato com outras pessoas. 

Tipos

Psoríase comum / em placas 

A psoríase comum, também conhecida como psoríase em placas, é a forma mais frequente da doença e caracteriza-se pela presença de placas vermelhas, com escamas brancas ou prateadas, que podem variar de poucos milímetros a vários centímetros de tamanho. Normalmente aparece nos braços, pernas, couro cabeludo e região lombar, podendo afetar também as unhas. Os sintomas adicionais, como coceira ou queimação, variam de pessoa para pessoa. 

Psoríase em gotas 

Também conhecida como psoríase gutata, é mais comum em crianças, adolescentes e jovens adultos, manifestando-se por manchas em forma de gota na pele, com tamanho inferior a 1 cm.  

Geralmente surgem no tronco, axilas e virilhas, após infecção por Streptococcus das vias respiratórias. 

Psoríase pustulosa 

Ocorre quando pequenas bolhas com pus surgem na pele, juntamente com as manchas de psoríase. Podem aparecer em uma região específica ou se espalhar por todo o corpo. Quando generalizada, a pessoa pode apresentar febre alta por vários dias. 

Psoríase invertida 

É identificada quando as manchas surgem apenas em locais úmidos, como axilas, virilhas, região inframamária, umbigo ou couro cabeludo. Nessas áreas úmidas, as manchas não costumam descamar. 

Psoríase nas unhas 

Conhecida como psoríase ungueal, ocorre quando a doença afeta principalmente as unhas, causando ondulações, manchas e enfraquecimento das mesmas. Muitas vezes, nas unhas aparece antes da manifestação da psoríase na pele, podendo ser o único sintoma por vários anos. 

Psoríase artropática 

É a manifestação da psoríase que afeta as articulações, causando intensas dores ao movimentá-las, principalmente no início do movimento, mas que tendem a melhorar com a continuidade do movimento. Pode levar à rigidez progressiva e até mesmo a deformidades permanentes. Pode afetar qualquer articulação do corpo, incluindo a coluna vertebral. 

Psoríase eritrodérmica 

É um tipo raro e agressivo que afeta a pele. Ela se caracteriza por erupções cutâneas vermelhas que se espalham por todo o corpo, acompanhadas de coceira intensa, ardência e descamação.  

Danos graves na pele podem levar a complicações como doenças por perda de proteínas ou líquidos, inchaço excessivo e infecções graves. 

Como a psoríase pode ser tratada? 

O tratamento pode ser realizado de várias maneiras, dependendo da gravidade da condição e das necessidades individuais.  

A seguir, elenco algumas opções de tratamento disponíveis: 

Cremes e Pomadas 

Cremes e pomadas anti-inflamatórias ajudam a reduzir a coceira e a manter a pele hidratada. 

Medicamentos 

Existem medicamentos disponíveis em forma de comprimidos ou injeções, geralmente recomendados para pacientes com psoríase grave, artrite psoriásica ou psoríase leve resistente ao tratamento tópico ou fototerapia. 

Além disso, os tratamentos biológicos são uma opção, sendo medicamentos injetáveis indicados para pacientes com psoríase grave.  

No Brasil, existem diversas classes de tratamentos biológicos aprovadas, como os anti-TNFs (adalimumabe, certolizumabe-pegol, etanercepte e infliximabe), anti-interleucina 12 e 23 (ustequinumabe), anti-interleucina 17 (secuquinumabe e ixequizumabe) e anti-interleucina 23 (guselcumabe e risanquizumabe). 

Exposição solar 

Ao contrário do que imagina o senso comum, a exposição solar pode ajudar a pele a diminuir os sintomas de psoríase. 

Por isso, dermatologistas recomendam a fototerapia, que consiste na exposição à luz ultravioleta A (UVA) ou à luz ultravioleta B de banda estreita (NB-UVB) em cabines. 

A P-UVA é uma forma de tratamento que envolve a combinação de medicamentos chamados psoralenos (P), que aumentam a sensibilidade da pele à luz, com a luz UVA, em uma câmara especial. As sessões de PUVA duram apenas alguns minutos e a dose de UVA é aumentada gradualmente, levando em consideração o tipo de pele e a resposta individual de cada paciente à terapia.  

O tratamento também pode ser realizado com luz ultravioleta B de banda estreita, sem a necessidade de medicação, o que resulta em menos efeitos colaterais e pode até ser indicado para gestantes. É importante ressaltar que as cabines de bronzeamento artificial não devem ser confundidas com a fototerapia, pois podem trazer mais riscos do que benefícios. 

Quem procurar para diagnosticar e tratar a psoríase? 

É fundamental ter o acompanhamento de um(a) dermatologista especializado(a) em tratamentos de pele e cirurgias estéticas, para assegurar resultados mais seguros e duradouros em caso de psoríase.  

Fale comigo, agende sua consulta e vamos identificar a melhor forma de tratamento para que você volte a ter qualidade de vida e aumente sua autoestima, deixando de sofrer com suas consequências.